• Shopping Cidade das Artes

Frio e tempo seco | Como cuidar das crianças

Geralmente nessa época (Maio), o tempo fica mais frio e também mais seco. Essa junção pode causar incômodos para os adultos, mas afeta principalmente nossas crianças.


Alguns cuidados simples podem ajudar a proteger seus filhos e ter dias e noites mais tranquilos. Confira algumas sugestões da nossa redação e se prepare para a estação mais fria do ano.


BEBA ÁGUA


Com o tempo mais frio, é comum sentirmos menos sede, já que nesse período perdemos menos água durante o dia. Em paralelo a isso, o corpo humano continua sendo, em sua maior parte, composto por água, e assim, o líquido é extremamente importante para a nossa saúde.


Geralmente, as pessoas tendem a beber água quando sentem sede, e isso pode ser um sinal de que você já está desidratado. Então não espere a sede chegar, deixe sempre uma garrafa de água por perto para manter sua hidratação ao longo do dia.


FAÇA INALAÇÃO


Com o tempo seco, alguns sintomas como tosse seca, nariz irritado, olhos secos ou ardendo, entre outros, podem aparecer isolados ou todos de uma única vez. Para evitar esse tipo de sintoma se acometa nas crianças, permita que sua casa esteja com as janelas abertas ao longo do dia para troca do ar e impedir a concentração de bactérias, e faça inalação com soro fisiológico, principalmente à noite, período onde as crianças tendem a aumentar a incidência da tosse.


Para as narinas e olhos, pode-se usar o soro fisiológico para fazer lavagem e higiene.


OBSERVE O BÁSICO


Certifique-se de que a carteirinha de vacinação da criança esteja em dia e fique atento as campanhas de saúde da sua cidade. As vacinas são meios seguros de garantirmos a segurança dos pequenos.


Como o tempo frio não é algo que se mantém por muito tempo, muitas famílias tendem a guardar as roupas mais grossas e utiliza-las somente em períodos extremos, mas ao ficar guardada, a roupa pode apresentar mofo, o que pode prejudicar a criança. Antes de utilizar a roupa, faça a lavagem para garantir a higienização.


Peças como “segunda pele” podem ser itens curinga para ajudar a deixar sua criança confortável em ambientes gelados. E tenha sempre roupas extras ao sair, pois a criança pode acabar se sujando e precisando de uma segunda peça de roupa.


E o mais importante: qualquer sintoma de febre ou diferente em seu filho, procure por ajuda médica para evitar complicações.


Já segue as nossas Redes Sociais?


Clique AQUI!


5 visualizações0 comentário